O espetáculo é um diálogo interior. Um passeio pelo acontecido. A lembrança de uma noite ou muitas noites que são uma só. Eva é filha de sucessivos debates que vão se afundando em uma sociedade sem esperança. Testemunha de guerras infames que a abraçam silenciando sua voz. É uma jovem vivendo num tempo em que é perigoso ser mulher. Seus avós e seus filhos foram assassinados, arrancaram-lhe a memória e banalizaram seus sonhos. É habitante de uma cidade da qual se prefere fugir. Abre portas que a conduzem a casas fechadas, descobre a dor de ser no novo milênio. Sente a morte do filho Nonato enraizada na sua alma ávida e carente de amor. No limite, na margem de algum abismo profundo e negro como o final da noite, ela se reconhece e transita em seus mundos interiores. Encara a vida, essa Vieja Vida, que se revela fundamental em seus mistérios, escuta-a. Aprende a seguir vivendo, apesar de tudo.

FICHA TÉCNICA

Elenco Verónica Falconí
Dramaturgia e Direção Patricio Vallejo Aristizábal
Música Popular Equatoriana
Canções
Letra - Patricio Vallejo Aristizábal
Música - María Belén Bonilla
Cenografia e Vestuário Sara Constante
Desenho de Iluminação Patricio Vallejo Aristizábal
Imagem Florian Zambrano Moreno
Fotografia Colbert Peñaherrera

 

Espetáculo: Al final de la noche
Data:
27 de abril
Horário:
20h
Local: Teatro II - CCBB
Rua Primeiro de Março, nº 66