CARROÇA DE MAMULENGOS - Brasil

www.carrocademamulengos.com.br

A Companhia Carroça de Mamulengos é formada por uma família de artistas. Os irmãos: Maria, Antônio, Francisco, João, Pedro, Matheus, Luzia e Isabel, concebidos e criados por Carlos Gomide e Schirley França durante as viagens pelo Brasil em seu “palco de rodas”, dividem a cena com os músicos Beto Lemos e Ana Rosa Guedes que integram a companhia desde 2005. São Brincantes músicos, bonequeiros, contadores de histórias e palhaços.

CONTRAELVIENTO – Equador

www.contraelvientoteatro.com


"Dizem que quando a terra da Cordilheira dos Andes está cansada, o céu complacente a reconforta com uma agradável e purificadora chuva. Contam que a terra, agradecida, se enfeita de cores e o arco íris se apresenta majestoso atrás das nuvens. É o momento em que as pessoas param, os vales e cidades sentem esse suave vento mimoso que sopra. Assim nascemos, como transeúntes sorridentes, com o rosto contra o vento."

Somos uma comunidade de criadores. Cremos no teatro como um ofício, que exige rigor do dominio de técnicas e agudeza de pensamento, para modelar a realização de sua existência e prática.

Desde sua fundação em 1991, Contraelviento levou a cena 11 espetáculos, sendo 9 de dramaturgia própria. O grupo que possui prêmios de melhor atriz e melhor direção, participou de 77 eventos internacionais em 8 países da América Latina e Europa. Equador, Cuba, Colômbia, Dinamarca, México, Perú, Argentina, Uruguai e agora no ENLATA. Comemorando 20 anos de trabalho continuado, realiza um sonho, como afirma Patricio Vallejo diretor do grupo, de se apresentar na Cidade Maravilhosa, com o monólogo Adiós, dirigido por sua esposa Verónica Falconí e La Flor de Chukirawa, os dois de sua autoria.

EL BAÚL TEATRO - Colômbia

www.teatroelbaul.com


O Teatro EL BAÚL é um grupo de seis atores colombianos que, por meio de linguagens teatrais, constrói paralelos entre a arte e a sociedade, gerando espaços onde se propõe ao indivíduo escapar do seu cotidiano para lhe conduzir a lugares de emoção, ensino e diversão.

O grupo, que em cada obra tem como prática a direção dos próprios atores, traz ao ENLATA dois espetáculos: Com Mis Pies Em Tu Tierra e Divino Pastor Gongora, esse com a direção de um diretor convidado, Carlos Araque.

O grupo pesquisa a partir de três áreas: investigação, pedagogia e espetáculos.
A área de investigação é trabalhada em duas partes:
- a improvisação: a qual centra-se na procura dos métodos de treinamento para o ator- improvisador, tomando como principio o pensamento de que o fato de saber improvisar não é um talento, mas sim uma habilidade que pode se desenvolver por meio de ferramentas concretas. 
- o treinamento corporal: esta pesquisa baseia-se na procura de caminhos que permitam ao ator ter o corpo atento e presente na hora da criação. Procura-se, por meio de princípios, exercícios que permitam criar estruturas modeláveis de treinamento que possam variar em cada etapa de um processo criativo.     

 

TIBAI TEATRO - República Dominicana - Argentina

O grupo que existe desde 2003 e é composto pelo argentino Diego Schiavini, por María Isabel Bosch que é "teatrista" da República Dominicana, Verónica Belloni, que faz parte do grupo desde 2008 e pela atriz argentina Maria Paz Guerrero, que integra o grupo desde 2010. 

Tibai Teatro se caracteriza pela criação de espetáculos com temáticas que permitem o debate com o público. Suas produções normalmente são apresentadas seguidas de debates abertos a discussões. Hoje suas obras servem de material para trabalhos práticos de universidades e escolas públicas e privadas.

O grupo que já se apresentou no Chile, Equador, República Dominicana, Uruguai, Estados Unidos, Porto Rico, Colômbia, Suíça, Holanda, Espanha, Itália e Cuba tem em seu histórico 7 espetáculos.

 

TRAVESSIA TEATRO - Brasil

www.travessiateatro.com.br

Criado e dirigido por Leandro Lobo, o grupo Travessia Teatro completa 7 anos de trabalho continuado, tendo como preocupação  as  diversidades culturais e de que forma elementos a princípio desconhecidos à nossa cultura podem ser inseridos e transformados,  a fim de levar à consciência da universalidade dos sentimentos humanos.

O grupo se apropria de elementos de culturas distantes, principalmente a indiana, para  traduzir em forma de música, dança e teatro um espetáculo com características marcantemente universais.

Utiliza-se da grande miscigenação cultural e racial própria do Brasil para deixar claro que a essência da arte pode ser criada a partir de influências aparentemente distantes e, ao mesmo tempo, próximas. E isto é possível por tratar de temas universais como o encontro, as transformações do homem e como estas emoções são transmitidas através da expressividade corporal. O Travessia Teatro é um grupo sem fronteiras, que acredita no encontro maior que é a união entre os povos, as culturas e as artes.